quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Gonçalo Sobral Martins: Auf Wiedersehen aos depósitos! Hallo aos cofres!

Gonçalo Sobral Martins: Auf Wiedersehen aos depósitos! Hallo aos cofres!: Há quem diga que isto anda tudo trocado e que certas “certezas” do passado deixaram de o ser. Os mais velhos lá vão afirmando que este mund...

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Gonçalo Sobral Martins: O impacto económico de sermos Campeões Europeus

Gonçalo Sobral Martins: O impacto económico de sermos Campeões Europeus: Para lá da experiência de vida, os mais céticos sempre poderão recorrer a inúmeros estudos científicos – realizados sobretudo por Faculdade...

domingo, 2 de julho de 2017

Gonçalo Sobral Martins: O sofisma ao qual somos alheios

Gonçalo Sobral Martins: O sofisma ao qual somos alheios: Enunciam, por aí, que o melhor local do mundo São praias onde a infância se cruza com castelos. Declaram, confiantes, tamanha dissertaç...

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Gonçalo Sobral Martins: O sofisma ao qual somos alheios

Gonçalo Sobral Martins: O sofisma ao qual somos alheios: Enunciam, por aí, que o melhor local do mundo São praias onde a infância se cruza com castelos. Declaram, confiantes, tamanha dissertaç...

quarta-feira, 1 de março de 2017

Gonçalo Sobral Martins: O abraço que nunca deixei de [te] querer

Gonçalo Sobral Martins: O abraço que nunca deixei de [te] querer: [Declamação do poema por Gonçalo SM] Outrora, apeteceu-me um abraço teu. Daqueles abraços de urso, que despertam a magia de u...