segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Gonçalo Sobral Martins: Ela, [e] a cidade do lago indecifrável

Gonçalo Sobral Martins: Ela, [e] a cidade do lago indecifrável: E, pela cidade, retumbavam os meus passos. Ecoavam, levemente, ao ritmo de um jornadear sereno. Nesse compasso andante, atravessava o seu m...

Sem comentários:

Enviar um comentário